Sem polêmicas, mas com muitos requerimentos

Tarde calma e sem polêmicas na sessão ordinária da câmara dos vereadores de Serra de São Bento. Na ocasião, grande parte dos legisladores municipais apresentaram requerimentos ao poder executivo que visam melhorias para o município.

Entre os destaques estão o da vereadora Auxiliadora Rodrigues que solicitou o pagamento da produtividade dos funcionários da Unidade de Saúde Senhorinha Rodrigues; o do vereador Eduardo Pereira que cobrou material esportivo para as quadras da rajada, campo de futebol, ginásio e escolas municipais; o vereador Manoel Rodrigues que cobrou iluminação de ruas do bairro São João e da vereadora Cimar Crisanto que busca a distribuição de cestas básicas para famílias carentes, além de uma casa de apoio em Natal, que atenderia os pacientes que fazem exames e consultas na capital.

O grande destaque foi o projeto de lei do vereador Artur Noronha, que, baseado nos altos índices de acidentes e roubos de moto, criou projeto de lei que cria a profissão de guarda municipal no município, com poder de polícia, para fiscalizar os motociclistas, e assim observar quem estaria dentro dos padrões defendidos pelo DETRAN. Alguns detalhes importantes do projeto foram omitidos, como por exemplo a quantidade de guardas e como seria a capacitação do profissional.

O vereador João Paulino também enveredou pelo mesmo assunto e apresentou requerimento que visa a construção de lombadas nas proximidades do campo de futebol.